1.6.16

Ator e diretor gaúcho ministra oficina em Belém

Oficina vem com monólogo Ato de Comunhão
Foto: Jorge Etecheber
A capital paraense vai receber mais um bom espetáculo vindo do sul do país, desta vez, com o ator gaúcho Gilberto Gawronski. Ele traz faz apresentações de "Ato de Comunhão", performance, tecnologia e monólogo contundente em cena, para contar a história verídica de um canibal. Além das sessões no Teatro Gasômetro, dias 25 e 26 de junho,  o ator e diretor também irá ministrar uma oficina, no dia 24, no Curro Velho. As inscrições já estão abertas, são gratuitas. A circulação do espetáculo com a oficina está contemplada pela Petrobras Distribuidora de Cultura.

Direcionada a atores, performers, escritores, músicos, professores e artesãos, a oficina com o ator e diretor gaúcho Gilberto Gawronski será realizada no dia 24 de junho, um dia antes das apresentações de “Ato de Comunhão”, espetáculo, já apresentado também em Brasília (DF) e Manaus (AM), contemplado pelo Programa Petrobras Distribuidora de Cultura 2015/2016.

Em cena, tecnologia, conexão, solidão, instinto e civilização permeiam uma história verídica, que oscila entre o moderno e o arcaico.  Escrita pelo argentino Lautaro Vilo (e traduzida por Amir Harif), com tradução de Amir Harif, “Ato de Comunhão- Login/Logout” estreou em 2011, no Rio de Janeiro e tem direção do próprio Gilberto Gawronski em parceria com Warley Goulart.

É uma livre adaptação da história real de Armin Meiwes, um serial killer que caçava vítimas na internet. Em 2001, na Alemanha, ele foi condenado à prisão perpétua após confessar e relatar seus crimes. As apresentações ganham espaço, em Belém, nos dias 25 e 26 de junho, às 20h, no Teatro Gasômetro. Os ingressos para as apresentações custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada para estudantes e artistas com carteira de identificação).

Narrativas para a dramatizar histórias

Já a oficina, no dia 24 de junho, será no Espaço Curro Velho. Com carga de três horas, a oficina apresenta a seguinte metodologia: Práticas Narrativas, Múltiplas Relações com as Narrativas, Recursos Disponíveis do Contador de Histórias, Qualidade do Comprometimento do Ator-Narrador, Ritmo e Musicalidade da Palavra, Intersecções entre Performance Oral e Cena, Intersecções entre oralidade e cultura escrita, paralelos com a escrita de Caio Fernando Abreu, Lautaro Vilo, Thorton Wilder.

A inscrição é gratuita e já pode ser feita pelo e-mail: produzindo2011@gmail.com (enviar currículo e carta de intenção). 

Partindo da crônica como gênero literário, a oficina disponibiliza aos atores, dinâmicas que estimulam seu processo de pesquisa e trabalho sobre a palavra oral, as práticas narrativas, o ofício do contador de histórias e seus desdobramentos na performance e na cena teatral contemporânea.

A oficina aborda um processo de criação de personagem e/ou narrador a partir de pontos de vista múltiplos: a do cronista, a dos que “sofrem” o fato, a dos que “vivenciam” a história. Para narrar o conto, os participantes também trabalharão com objetos e elementos de significado poético que sofrem transformações lúdicas no seu uso cênico.

Sobre o ator e diretor - Gilberto Gawronski, nascido em Porto Alegre e radicado no Rio de Janeiro, apresentou durante quinze anos a criação performática do conto “Dama da noite”, de Caio Fernando Abreu, em vários países e diferentes idiomas. 

Recriou todo o universo pop através da encenação de “Pop by Gawronski”, em que conduziu uma trupe artística, usando figurino inspirado em Andy Warhol. Ironizou a si próprio no espetáculo “Quero ser Gilberto Gawronski”. Dirigiu dança contemporânea, ópera e textos teatrais. O diretor, cenógrafo e ator tem em seu currículo os prêmios Shell, Mambembe, Sharp, APCA, Qualidade Brasil e Açorianos.

Serviço
Inscrições gratuitas para oficina com Gilberto Gawronski, a ser realizada no dia 24 de junho, das 14h às 17h. Currículos e carta de intenção devem ser encaminhados para o e-mail produzindo2011@gmail.com para o preenchimento das vagas. Apresentação do espetáculo Ato de Comunhão, nos dias 25 e 26, no Teatro Estação Gasômetro – Parque da Residência - Av. Gov. Magalhães Barata, 830.  Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Informações: 91 4009.8721 (bilheteria do Teatro) e 988842125 (produção local).  Assessoria de Comunicação: 91 98134.7719 / 3088.5858.

Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita
Ficarei radiante,mas se desejar seguir, saiba que sempre retribuo seguido
também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
Sou António Batalha.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/