6.8.10

Seresta do Carmo abre com cinema e encerra com show de Mestre Vieira

A Seresta do Carmo que acontece hoje, na Cidade Velha, terá gosto de guitarrada.

A programação, que inicia, às 19h, na Praça do Carmo, com mostra cinema e segue com interferência poética do Grupo Extremo Norte - Rui do Carmo, Rita Melém, Renato Gusmão - e apresetnação do Grupo Paranativo e Trio Ternura, vai encerrar com o super show de Mestre Vieira e seu grupo de Barcarena.

A apresentação desta sexta-feira, 06, vai compensar o incidente com a chuva no dia de abertura da quadra junina, na Praça Brasil, no mês de junho, quando Mestre Vieira, seus músicos e comitiva estavam programados e prestes a subir no palco, quando uma daquelas fortes chuvas, típicas da nossa época, caiu e acabou com a festa.

Hoje há de ser diferente. Além do show, Mestre Vieira prometeu trazer os últimos dos exemplares de seu preimeiro CD, gravado de forma independente, no município de Barcarena, no ano passado, o "Guitarrada Magnética".

Ontem, pelo telefone, ele disse ao Holofote Virtual que aguarda a chegada de uma remessa de mais 500 CDs. Por enquanto traz consigo os poucos exemplares que tem em mãos. Quem estiver interessado pode garantir o seu através do telefone 91 8134.7719.

Este novo trabalho de Mestre Vieira traz a mesma “textura sonora” que emulou o ambiente ribeirinho do “Lambada das quebradas vol. 1”, mas desta vez, ele não abriu mão da tecnologia.

De cara a primeira faixa (um merengue pipocado) apresenta uma guitarra base segura, com efeitos do velho wah-wah. O mestre embala a rede sonora com uma melodia simples e marcante (característica de um bom guitarreiro), depois “ponteia” fraseados com o wah-wah. Com a segunda faixa é difícil se manter quieto.

A terceira começa com cara de “rock arena” – uma guitarra com “over drive” anuncia os novos horizontes sonoros assimilados pelo mestre Joaquim ao longo desses 50 anos de carreira - pra quem não sabe o rock and roll também influenciou o criador da guitarrada.

A carreira deste mestre que já chega aos 50 anos de dedicação à música será resgatado em DVD. O projeto, em fase de captação, e em busca de patrocinadores e apoiadores, pode ser acessado aqui no Holofote Virtual, cique no banner do lado esquerdo para conhecê-lo.

Há algumas semanas, estivemos com Mestre Vieira em sua casa que fica em Barcarena. Lá, ele assistiu pela primeira vez a gravação feita há um ano de seu encontro, em Belém, com o guitarrista Herbert Vianna, material que será incluído nos extras do DVD, aprovado na Lei Semear.

Para a noite de hoje, o músico, de 76 anos, promete mostrar como fez da guitarrada uma das mais ricas escolas musicais do país. Ao juntar de forma original elementos do choro, da jovem guarda e do merengue, Mestre Vieira trouxe para a música do Pará uma nova concepção que em seguida influenciaria diversos compositores e músicos na nova geração. É ir lá para conferir.


Nenhum comentário: